Saudade

Amor represado

Escrever para você é um prazer que se renova. Cada vez que me disponho a rabiscar umas linhas, minha alma fica feliz, meu coração fica eufórico, por isso serão muitas as cartas que receberá nos próximos dias.
Agradeço as suas respostas, sempre amáveis e alegres.
Tenho tanto prazer ao ler suas linhas e a vontade de dialogar fica grande, assim aumenta o desejo de escrever de novo. Quando leio as palavras de amor que me dedicas me sinto muito feliz.
Esta carta, entre as “trocentas” que já te escrevi, na verdade não dizem nada importante, apenas servem para reiterar o amor que sinto por ti, esperando que você responda para deliciar-me com suas doces palavras, descrevendo com minúcias nossos momentos mais íntimos.
Te amo muito e os dias em que estamos afastados são para mim um verdadeiro martírio. Espero para logo poder estar novamente ao seu lado, matar todos os desejos e beijá-la com toda ânsia que sinto agora.
Breve estaremos juntos para extravasar este amor represado pela ausência forçada. Enquanto isso vamos trocando cartas que são o paliativo para nossa angústia.
Mando um beijinho, esperando que seja um beijão na hora em que estiver lendo esta cartinha.

(assinatura)