Sedução

Ah, se eu fosse a sua namorada!

Caro amigo (nome),

é muito bom ser sua amiga, mas sabe que com a aproximação do dia dos namorados me veio uma idéia totalmente absurda à cabeça? Pois é, comecei a imaginar como seria se eu fosse a sua namorada... Bem, não se assuste porque eu disse logo que a idéia era absurda, não disse?
Mas,como imaginar não custa dinheiro, geralmente não dói e não tem efeitos colaterais muito nocivos, comecei a pensar que se eu fosse a sua namorada lhe prepararia um belo jantar no dia 12 de junho.
Sabe o que é, estou precisando testar uma receita que aprendi com uma amiga minha, a Tânia Biagi, que por acaso é uma das melhores "chefs" de cozinha de São Paulo... Trata-se de um ravioli de café recheado com nozes e queijo brie que fica uma delícia, e como eu sei que você adora massas, faria este prato para você com o maior prazer, se você fosse o meu namorado, né? Como não é, não faço...
Continuando... se eu fosse a sua namorada, aposto que você andaria por aí com gravatas muito mais elegantes e com perfumes muito mais finos do que estes que você costuma usar, pois eu teria o maior cuidado com essas coisas e, também, o maior orgulho em apresentar um namorado assim "distinto" às minhas amigas. Mas, como eu não sou a sua namorada, continue andando com este seu jeans surrado e com estas suas gravatas de vendedor de enciclopédia!
Bom, eu te disse que a idéia era absurda... No entanto, se no dia 12 de junho você quiser provar uns brioches deliciosos que eu aprendi a fazer com a minha avó, dê uma passadinha lá em casa. Aposto que você não vai se arrepender!

Um beijo da sua amiga,
(assinatura)