LGBTQIA+

Para uma fada muito real

Querida (nome),

na noite passada tive um sonho estranho, muito estranho. Na verdade, começou como um pesadelo, pois eu estava em um local desconhecido, perdida em meio a grandes árvores e desorientada por uma profunda escuridão.
Fazia frio e eu sentia medo. Não sabia para onde caminhar e arriscava passos temerosos e curtinhos, tateando cada metro à minha frente. Mas, de repente, surgiu uma pequenina luz, uma luz forte, prateada e intensa que foi se ampliando pouco-a-pouco enquanto me enchia de esperança... Era você! era você que se revelava uma fada boa e poderosa. Um feiticeira do bem que surgia envolta em um manto de ouro para me mostrar um atalho bom e seguro.
No sonho, você não disse nada, e eu também não... Quando me dei conta, estava à beira de um lindo lago iluminado e azul. Olhei para trás, pensando em agradecer a sua mágica ajuda, mas neste momento você desapareceu e eu despertei.
Despertei aliviada e feliz, e comecei a ponderar o quanto de verdadeiro havia em tal sonho. Sim, tudo era real! Tudo era real porque você é mesmo uma criatura de sonho; porque você é bela, doce, e está sempre ao meu lado quando eu sinto frio ou preciso dos seus carinhos!
Você é um personagem de contos-de-fadas que invadiu, definitiva e alegremente, a minha vida real.

Beijo grande da sua,
(assinatura)