LGBTQIA+

Também temos direito ao amor

Meu amor,

... ah, meu amor e meu tesão maior, que saudades! Sabe que eu tenho pensado muito sobre nós dois?
Tenho pensado muito sobre nós e, se por um lado sinto-me feliz por ter encontrado um companheiro tão leal, compreensivo e maravilhoso, por outro sofro muito em função do preconceito que ainda nos aflige...
Sério, apesar das coisas estarem mudando, acho que elas mudam muito devagar. Considero um absurdo não podermos manifestar com naturalidade - e em qualquer lugar - todo o amor que sentimos um pelo outro.
Será que as pessoas não percebem que o amor é uma expressão da alma e pode naturalmente acontecer entre duas pessoas que têm os corpos iguais ou semelhantes?
Será que o mundo não percebe o quanto é verdadeiro o sentimento que nos une e que, por isso, não deveríamos ser discriminados ou mesmo socialmente censurados apenas por manifestá-lo abertamente?
Meu querido, na verdade esta minha reflexão é apenas mais um argumento para exprimir toda a paixão e todo o tesão que sinto por você. Tenho a certeza de que continuaremos sempre juntos, apesar de todas essas dificuldades.

Saiba que eu te amo!
Um beijo nessa boca gostosa,
(assinatura)